Os debates relacionados aos benefícios, rentabilidade e retenção de um programa de aulas de grupo tornaram-se mais do que frequentes entre gestores de ginásios/Health Clubs em Portugal e no mundo. O facto justifica-se facilmente pela grande dificuldade em apurar os reais indicadores que justificam ou não as despesas e energia necessárias para a manutenção do departamento de aulas de grupo e instrutores qualificados.

 

Pense nas seguintes questões em relação ao mapa de aulas do seu ginásio ou Health Club:

  • O seu mapa de aulas precisa de novidades?
  • O seu ginásio não possui um programa de aulas de grupo que estabeleça diretrizes técnicas comuns para as aulas?
  • A sua equipa técnica de instrutores desenvolve as aulas livremente com base em decisões e conceitos próprios?
  • Tem problemas de divergência técnica entre professores que lecionam aulas da mesma modalidade?
  • As suas aulas não são periodicamente renovadas?
  • Não possui um cronograma de lançamentos e eventos internos?

 

Se este é o seu perfil de aulas de grupo, está na hora de rever os seus conceitos e levar o seu negócio a outro nível.

 

Pense: os ginásios antigos não tinham torniquetes, softwares de gestão, passadeiras elétricas e equipamentos sofisticados! Então, se tudo mudou ou evoluiu no fitness, porquê continuar com a mesma ginástica/aulas de há 20 anos atrás?

 

Os instrutores das aulas de grupo trabalham normalmente poucas horas no ginásio e muitas vezes dão aulas em vários ginásios. O sucesso das aulas torna-se quase uma obrigação! O horário de aulas de grupo deve ser o maior trunfo do seu ginásio e tornar-se, talvez, o diferencial de distinção face aos seus concorrentes diretos.

 

Pesquisas realizadas destacam que as aulas de grupo representam uma das principais ferramentas de retenção conhecidas e indicam que os ginásios devem esforçar-se para manter os seus alunos o mais satisfeito possível. Criar um bom horário de aulas e decidir que aulas oferecer pode ser um desafio por si mesmo.

 

A indústria do fitness tem vindo a criar novos e excitantes conceitos de aulas, através de programas orientados que, no momento, geram muito interesse mas há um dilema para os proprietários que hesitam entre a decisão de seguir o que a concorrência está a fazer ou encontrar o nicho que melhor funciona para o seu negócio.

Costumo aconselhar os ginásios para deixarem de replicar as práticas de sucesso dos concorrentes mais próximos e passem a encontrar o ponto fraco de todos eles. Este seria um caminho para se diferenciarem da concorrência.

 

Se o valor das mensalidades forem iguais, se as cores do ginásio forem iguais, se as maquinas de musculação e cardiofitness forem da mesma marca, se os instrutores forem os mesmos e se aulas forem as mesmas, o que fará o aluno A ou B mudar do ginásio concorrente e inscrever-se no seu? Ou, se tudo permanecer igual, o que fará o meu cliente a manter-se no meu ginásio?

 

Sem dúvida que um dos fatores e segredo do sucesso de um clube é o tipo de aula oferecida. Cada aula irá atender a um determinado tipo de cliente: os homens têm preferências diferentes em relação às mulheres e não deveremos esperar, por exemplo, que os homens participem massivamente numa aula de dança; as mulheres de meia-idade adoram as aulas de exercícios localizados e os jovens gostam de aulas cardiovasculares desafiantes.

 

Ignorar as características e preferências dos clientes significa ter uma baixa adesão e participação nas aulas. O que os nossos clientes realmente querem é encontrar um mix de aulas de acordo com os seus objetivos e que os façam felizes.

 

Manter-se atualizado com base nas tendências da indústria é uma boa maneira de manter a longevidade e sucesso dos programas de fitness. Sabia que desde 1990 já passaram 3 Gerações de Fitness totalmente diferentes? Primeiro o estilo livre, depois o pré-coreografado e agora o pré-musicalizado!

 

As aulas em grupo crescem a um ritmo rápido, mas outro fator importante para a maioria dos programas é a necessidade de qualificação dos instrutores que precisam aprimorar as suas técnicas para oferecer um serviço de excecional qualidade. Para isso, a formação especializada é de vital importância, não apenas a partir de cursos disponibilizados por empresas na área de formação de programa, mas também na formação contínua e aulas livres. Sem o compromisso de formação contínua constante, os instrutores tornam-se obsoletos e os ginásios colocam-se automaticamente em desvantagem, sendo o resultado alunos insatisfeitos que reclamam e desistem.

 

Quando alguém frequenta aulas e se sente ligado a essa modalidade, independentemente do instrutor que a leciona, cria-se um compromisso de trabalho e o cliente fará o possível para não perder essa aula ou sair do ginásio para o concorrente mais próximo. Desta maneira, o dono do ginásio ou coordenador nunca fica dependente de determinado instrutor que esteja insatisfeito. Quando isso acontece, o ginásio dispõe de alavancagem suficiente para que o cliente permaneça, mesmo diante de alguma queixa.

 

Em suma, os fatores de sucesso continuado das aulas de grupo são, sem dúvida:

 

  • Oferecer aulas exclusivas e diferentes dos seus concorrentes: ter no mapa de aulas programas diferenciados que poderão ser contratados com exclusividade.
  • Criar convergência técnica na sua equipa técnica: acabar com as divergências entre instrutores que utilizam técnicas diferentes para as mesmas aulas, causando sérios problemas com os clientes.
  • Atrair o público masculino com aulas atléticas: aulas de grupo onde não utilizem movimentos sincronizados com as músicas, perdendo a características das aulas coreografadas que tanto afastam os homens das salas de aulas.
  • Marketing interno para o seu ginásio: realização de campanhas e eventos de lançamentos das aulas.
  • Qualidade continuada: aulas desenvolvidas por especialistas focados na segurança e nos mais altos critérios técnicos pedagógicos. Renovar periodicamente as músicas e coreografias que garantem a motivação e retenção.

 

Com toda a certeza, a chave de um departamento de aulas de grupo de sucesso e rentável baseia-se efetivamente na criação de um grande mix de aulas, associado a uma equipa competente, preparada e motivada.

 

Emanuel Mota

Diretor Técnico Radical Fitness Iberia